No cenário cibernético de 2023, o ransomware continua sendo uma ameaça constante para empresas e indivíduos. Neste artigo, abordaremos os principais aspectos do ransomware, suas tendências atuais e estratégias eficazes para proteger seus dados e ativos digitais.

O ransomware é um tipo de malware que sequestra os dados de um computador e exige um resgate para liberá-los. De acordo com o relatório da Fortinet1, mais de 80% dos líderes e tomadores de decisão em cibersegurança estão “muito” ou “extremamente” preocupados com a ameaça do ransomware. No entanto, apesar dessas preocupações e sentimentos de preparação, metade das organizações pesquisadas ainda foram vítimas de ransomware no ano passado.

Dos que sofreram um incidente de ransomware, 71% disseram ter pago pelo menos uma parte do resgate exigido, embora 72% tenham indicado que detectaram o incidente dentro de horas (muitas vezes dentro de minutos). E embora quase todos os entrevistados garantam que todos os custos seriam cobertos ou que os dados seriam restaurados, apenas 35% dos afetados pelo ransomware recuperaram todos os seus dados após o incidente.

 

Tendências em Ransomware

Ransomware ataque

  1. Ataques de Dupla Extorsão

Os cibercriminosos aprimoraram suas táticas, agora envolvendo ataques de dupla extorsão. Além de criptografar os dados, eles ameaçam vazar informações confidenciais. Isso pressiona as vítimas a pagar o resgate, considerando as consequências legais e financeiras da exposição.

 

  1. Alvo nas Cadeias de Fornecimento

A cadeia de fornecimento tornou-se um alvo principal. Criminosos comprometem fornecedores para acessar redes maiores e mais seguras, ampliando o impacto dos ataques.

A lógica por trás desse tipo de ataque é a seguinte: ao comprometer um fornecedor ou parceiro de negócios, os cibercriminosos ganham acesso indireto às redes e sistemas das empresas que dependem desses fornecedores. Essas redes muitas vezes são maiores e mais complexas, o que torna os ataques de ransomware mais devastadores.

  1. Ransomware como Serviço (RaaS)

O Ransomware como Serviço facilita o acesso de criminosos a ferramentas, permitindo que até mesmo indivíduos inexperientes participem de ataques.

O “Ransomware como Serviço” (RaaS) é uma evolução preocupante no cenário dos ataques de ransomware. Esse modelo segue a tendência de comercialização e torna os ataques de ransomware acessíveis até mesmo para indivíduos com pouco conhecimento técnico em cibersegurança.

Alguns pontos-chave a serem compreendidos sobre o RaaS:

  • Modelo de Negócios: RaaS é um modelo que oferece ransomware como serviço em plataformas da dark web.
  • Acessibilidade: Qualquer pessoa com acesso à internet pode alugar ou comprar o malware, facilitando ataques de ransomware.
  • Personalização: Criminosos podem personalizar alvos, valores de resgate e mensagens, tornando os ataques mais flexíveis.
  • Divisão de Lucros: Desenvolvedores recebem uma porcentagem dos resgates, incentivando ataques em larga escala.
  1. Inteligência Artificial na Ofensiva

Uma tendência emergente em 2023 é a incorporação da inteligência artificial (IA) em ataques de ransomware. Os cibercriminosos estão utilizando a IA para aprimorar suas táticas, tornando os ataques mais eficazes e difíceis de detectar. A IA pode ser empregada para identificar vulnerabilidades em sistemas-alvo, automatizar ataques em larga escala e até mesmo personalizar ataques com base em dados roubados, aumentando assim o potencial de extorsão.

Aqui estão detalhes sobre como a IA está sendo empregada em ataques:

  • Identificação de Vulnerabilidades: Os cibercriminosos estão utilizando algoritmos de aprendizado de máquina para identificar vulnerabilidades em sistemas e redes. A IA pode analisar grandes volumes de dados em busca de fraquezas, tornando os ataques mais direcionados e eficazes.
  • Automatização de Ataques: A IA permite a automação de ataques em larga escala. Isso significa que os criminosos podem lançar ataques de forma mais rápida e eficiente.
  • Personalização de Ataques: A IA é usada para personalizar ataques com base em informações sobre as vítimas. Os criminosos podem coletar dados sobre empresas ou indivíduos e adaptar seus ataques para maximizar o potencial de sucesso.
  • Engenharia Social Avançada: A IA pode ser usada para aprimorar a engenharia social, criando mensagens de phishing mais convincentes, projetadas para enganar até mesmo indivíduos com mais experiência em tecnologia.
  • Análise de Dados Roubados: Após um ataque bem-sucedido, a IA pode ser usada para analisar dados roubados, identificando informações valiosas que podem ser usadas para chantagem ou extorsão.
  • Ataques Adaptativos: A IA pode permitir que os ataques se adaptem em tempo real com base nas respostas das vítimas. Isso torna os ataques mais dinâmicos e difíceis de conter.

Estratégias de Segurança Digital

Em geral, a principal prioridade dos líderes de segurança é implementar tecnologias avançadas como inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina (ML) que permitam uma detecção mais rápida de ameaças, seguida por monitoramento central para acelerar a resposta. E especificamente, a segurança da Internet das Coisas (IoT) e os firewalls de próxima geração (NGFWs) lideraram a lista de áreas e produtos em que os líderes planejavam investir, com o maior aumento nos planos para implementar soluções de detecção e resposta de endpoint (EDR) e gateway seguro de email (SEG).

Algumas outras estretégias de segurança digital:

Backup e Recuperação de Dados

Manter backups isolados é fundamental. Teste regularmente a recuperação de dados para garantir eficácia.

Realizar backups regulares dos dados críticos é essencial. Esses backups devem ser automatizados para garantir que não haja lacunas na proteção dos dados. A frequência dos backups deve ser determinada com base na criticidade dos dados e na taxa de alterações.

Educação e Treinamento

Educar e treinar a equipe em segurança cibernética é fundamental, pois muitos ataques cibernéticos exploram a falta de conhecimento e ações inadvertidas dos usuários. Aqui algumas ações que você pode fazer:

    Ransomware, ataque phishing
    • Conscientização de Phishing: O treinamento deve incluir uma compreensão sólida do phishing, um método comum usado por cibercriminosos para enganar os usuários. Os funcionários devem aprender a reconhecer e evitar e-mails ou mensagens suspeitas.
    • Simulações de Phishing: Uma prática eficaz é realizar simulações de phishing, onde os funcionários recebem e-mails falsos de phishing para testar sua capacidade de detecção e resposta adequada.
    • Boas Práticas de Senhas: Treinar a equipe em boas práticas de senhas, como criar senhas fortes, usar autenticação de dois fatores e nunca compartilhar senhas, é crucial para a segurança.

    Atualizações e Patches

    Manter sistemas atualizados é uma medida fundamental para proteger contra ameaças cibernéticas. O que fazer?

    • Vulnerabilidades Conhecidas: Cibercriminosos muitas vezes exploram vulnerabilidades conhecidas em sistemas e software desatualizados. Ao aplicar atualizações e patches regularmente, as organizações podem fechar essas brechas de segurança.
    • Automatização de Atualizações: Automatizar o processo de aplicação de atualizações ajuda a garantir que os sistemas estejam sempre protegidos, mesmo quando os funcionários esquecem ou adiam atualizações.
    • Monitoramento de Vulnerabilidades: Implementar ferramentas de monitoramento de vulnerabilidades ajuda a identificar rapidamente quaisquer áreas que possam estar em risco e a tomar medidas corretivas.
    ransomware segurança, atualização de patches

    Parceria com Especialistas em Segurança

    Colaborar com especialistas em segurança cibernética é uma estratégia proativa para reforçar a defesa contra ameaças cibernéticas. Como os especialistas podem ajudar?

    • Avaliação da Infraestrutura: Especialistas em segurança podem conduzir avaliações abrangentes de segurança em sua infraestrutura de TI para identificar vulnerabilidades e pontos fracos.
    • Soluções Sob Medida: Com base na avaliação, especialistas podem recomendar soluções de segurança personalizadas para atender às necessidades específicas de sua organização.
    • Resposta a Incidentes: Em caso de um incidente cibernético, especialistas podem ajudar na resposta rápida e eficaz, minimizando o impacto e a recuperação.

    Agora que você está ciente dos desafios do ransomware em 2023 e das estratégias para se proteger, gostaríamos de convidá-lo a explorar como a Tripletech, uma líder em segurança cibernética, pode ser seu parceiro na defesa contra ameaças cibernéticas. Com soluções personalizadas e especialistas em segurança de ponta, a Tripletech está pronta para ajudar sua empresa a fortalecer sua postura de segurança e garantir a proteção de seus dados e ativos.

    Entre em contato conosco hoje mesmo para saber como podemos colaborar no combate ao ransomware e outras ameaças cibernéticas. Sua segurança é nossa prioridade.

    Fale com um especialista

    Fale com um especialista agora, e tenha a melhor solução de TI para sua empresa.

    Acompanhe a Tripletech nas redes sociais: