ÉPOCAS PÓS-CRISE, É IMPORTANTE ADOTAR SOLUÇÕES QUE PERMITAM AVALIAR O DESEMPENHO E OS CUSTOS DA ESTRUTURA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NAS EMPRESAS.

Por anos, as áreas de TI lutaram para definir exatamente os custos individuais de serviços e aplicativos. Agora, com orçamentos apertados e demandas por corte de gastos, os Diretores de TI ajustam o foco nos custos isolados.

Essa necessidade de definir os custos específicos deu origem a uma série de softwares de gestão financeira que auxiliam os CIOs a determinar o custo real dos elementos da estrutura. A presença de soluções em nuvem, seja para armazenamento ou fornecimento de software e infraestrutura, aumenta a pressão sobre o orçamento de TI.

No passado, muitos CIOs não tinham uma noção exata dos custos, e isso era preferível para não assustar os investidores. Mas agora as coisas mudaram, e é necessário ter relatórios de custos em tempo real. Com um melhor controle das despesas de TI, os executivos podem ficar mais tranquilos e opinar sobre melhorias que podem ser implementadas, como serviços em nuvem, trabalho remoto e outras tecnologias e soluções.

Investimentos fundamentados

Em geral, essa mudança de comportamento é positiva para todo o setor de tecnologia. Isso significa que os Diretores de TI estão atentos e podem decidir melhor se devem ou não continuar com uma determinada tecnologia ou buscar soluções mais otimizadas, com melhor relação custo-benefício.

Os novos gestores de TI devem prestar atenção em técnicas de elaboração de orçamentos e planejamento. Ajustar orçamentos em pleno andamento também deve se tornar uma atividade comum.

As ferramentas desenvolvidas para consolidar as métricas financeiras de TI desempenham várias funções, incluindo ajuste orçamentário, projeção de custos e gestão de fornecedores.

Ampla gama de planilhas

Em muitas organizações, os softwares de gestão financeira para TI substituem a variedade de planilhas que circulavam na empresa. Esses programas realizam o trabalho pesado de coletar os custos e outros detalhes das bases de aplicativos, estruturados ou não. Relatórios padronizados facilitam a comparação de custos com benefícios reais.

Quando configuradas adequadamente e alimentadas com as informações necessárias, as planilhas conseguem projetar diferenças de custo em situações hipotéticas, como em estudos de substituição de máquinas Windows por sistemas Linux com suporte 24/7, e fornecer dados sobre desempenho versus investimento por hora de disponibilidade. Esses dados auxiliam a TI a criar relatórios de custos mais precisos e conferir transparência aos processos.

As soluções de gestão financeira para áreas de TI também ajudam os usuários a identificar segmentos nos quais podem reduzir os custos, descobrir servidores que poderiam ser consolidados em outro sistema, serem virtualizados ou migrados para a nuvem, revelar a possibilidade de aposentar determinados aplicativos e preparar dados para armazenamento em dispositivos de backup, além de sinalizar contratos prestes a expirar e a necessidade de renová-los.

Como é possível observar, as vantagens vão além da questão contábil. Trata-se de uma comparação entre custos e valor agregado, sendo importante ter essas informações para tomar decisões.

Fale com um especialista

Fale com um especialista agora, e tenha a melhor solução de TI para sua empresa.

Acompanhe a Tripletech nas redes sociais: