No mundo digital atual, a segurança cibernética é uma preocupação crítica para empresas de todos os tamanhos. Mesmo que muitas vezes associemos ataques cibernéticos a grandes corporações, as pequenas e médias empresas (PMEs) também estão sob constante ameaça. Neste artigo, vamos explorar estratégias e melhores práticas para proteger seus ativos corporativos contra ciberataques.

Por que as PMEs são alvos fáceis?

Os hackers têm motivos claros para direcionar suas atividades para as PMEs. Essas empresas muitas vezes negligenciam práticas básicas de segurança, tornando-as alvos fáceis. Antigamente, os criminosos visavam números de seguro social e senhas de banco, mas agora buscam informações valiosas, como dados de clientes, bancos de dados de marketing e documentos profissionais. É fundamental compreender que os dados se tornaram uma moeda valiosa para os criminosos.

Fundamentos de Segurança

Para evitar se tornar uma presa fácil, é essencial seguir os fundamentos de segurança cibernética:

  1. Mantenha os Softwares Atualizados: Certifique-se de manter todos os programas e sistemas, como Windows e Adobe, atualizados com as últimas correções de segurança.

  2. Senhas Complexas: Use senhas robustas e nunca as reutilize em diferentes sistemas. Senhas complexas dificultam a entrada de invasores.

  3. Proteção de Dispositivos: Esteja atento à perda de laptops, dispositivos móveis e drives externos. Eles são alvos frequentes de roubo e podem conter informações sensíveis.

A importância das soluções em Nuvem

As soluções em nuvem têm ganhado destaque e podem oferecer vantagens de segurança às PMEs. Terceirizar parte da infraestrutura de TI pode proporcionar uma camada adicional de proteção, sem sobrecarregar os recursos internos.

Proteção Interna

A segurança cibernética também começa internamente. Tome cuidado com informações pessoais e corporativas em mídias sociais e outros sites. Um número crescente de ataques começa com a coleta de informações individuais sobre funcionários, que os invasores obtêm na internet.

Gestão de Risco e Segurança

Uma abordagem eficaz para a segurança cibernética envolve tratá-la como uma questão de gestão de riscos. Considere o valor de diferentes tipos de dados e ativos da empresa, identificando quem pode estar interessado neles e quem tem acesso a esses ativos. Com base nisso, desenvolva políticas e procedimentos sólidos para minimizar os riscos de violação de segurança.

Algumas medidas recomendadas incluem:

  • Controle de Acesso Estrito: Implemente um controle de acesso rigoroso, garantindo que apenas funcionários autorizados tenham acesso às informações críticas da empresa. Isso pode ser alcançado por meio de autenticação multifatorial e políticas de permissão bem definidas.

  • Regra dos Dois Homens: Evite que uma única pessoa tenha acesso exclusivo a sistemas críticos, implementando uma política que exija a autorização de pelo menos duas pessoas.

  • Treinamento de Conscientização: Eduque sua equipe sobre as ameaças cibernéticas e como reconhecê-las, para que possam agir proativamente na prevenção.

 A segurança cibernética é uma preocupação urgente para as PMEs. Hackers estão cada vez mais direcionando seus esforços para essas empresas, tornando essencial adotar medidas preventivas. Siga os fundamentos de segurança, considere soluções em nuvem e adote uma abordagem de gestão de risco. Ao fazê-lo, você estará fortalecendo a proteção de seus ativos corporativos e reduzindo o risco de ciberataques prejudiciais. Lembre-se sempre de que a segurança cibernética é um esforço contínuo.

Proteja sua empresa e seus dados valiosos com as melhores práticas de segurança da informação.

 

Fale com um especialista

Fale com um especialista agora, e tenha a melhor solução de TI para sua empresa.

Acompanhe a Tripletech nas redes sociais: