A música ambiente em lojas é conhecida como marketing sensorial e é uma ferramenta muito usada pelos grandes varejistas, que bem usada pode não apenas manter as vendas como aumentá-las, como já foi comprovado em diversos estudos científicos internacionais.

O desafio da TNG era reduzir as atividades operacionais de marketing e melhorar a gestão das playlists. Visto que muitas vezes a lista de músicas que tocava em uma loja não era sincronizada com as demais, o problema ficava mais preocupante quando o assunto era o spot, que muitas vezes era uma promoção que deveria ser igual para todas as lojas da rede.

A equipe de marketing da TNG juntamente com Rafael Moana, DJ e Fundador da ALRA Studio, levaram os desafios para a Tripletech, empresa de soluções em TI. Após reunião com TNG e ALRA Studio, a Tripletech chegou a uma solução completa que atende as necessidades de marketing, sem aumento de custos ou operacional para o departamento de TI: “Uma rádio online com características exclusivas para a TNG”, comenta Leomar Ferreira, Diretor de Desenvolvimento da Tripletech.

Desse modo, além de atender as necessidades de marketing, garante que não será necessário se preocupar com links ou equipamentos, visto que a solução consegue ser otimizada para a infraestrutura existente nas lojas e em reprodução contínua, em caso de queda do acesso internet.

Como a playlist/spot fica na loja, caso ocorra algum problema externo, o aplicativo continuará funcionando mantendo a sonorização do ambiente íntegro. Além disso, a segmentação de lojas dá ao marketing a liberdade de controlar playlists e spots conforme sua necessidade.

Desse modo, a ALRA Studio atende as demandas sensoriais da TNG, fornecendo músicas assertivas para o público-alvo e a Tripletech consegue ser eficaz ao distribuir esse conteúdo musical para as lojas espalhadas por todo o Brasil – uma parceria que reduziu mais de 40% do custo no setor de música ambiente da TNG.

Conheça mais sobre ALRA Studio, clique aqui.

Caso queira conhecer mais detalhes sobre esse case, leia a matéria completa aqui: