O resultado ficou um pouco abaixo das previsões da própria IDC, que em janeiro de 2017 previu uma alta de 5,7%. A expectativa para 2018 é seguir no mesmo ritmo, com um crescimento esperado de 4,1%.

O mercado de TI brasileiro, considerando hardwares, softwares e serviços, cresceu 4,5% no ano passado, movimentando um total de US$ 38 bilhões  segundo o estudo Mercado Brasileiro de Software, realizado pela ABES em conjunto com o IDC.

É também mais ou menos a metade do registrado em 2015, quando o crescimento foi de 9,2%.

“Os investimentos em TI voltaram a crescer no Brasil e o país vai aos poucos recuperando o espaço perdido nos últimos anos”, afirma Jorge Sukarie, presidente do Conselho da ABES.

Para 2018, o executivo apresenta uma expectativa positiva. “Será o ano da recuperação”, afirma. Segundo ele, a tecnologia seguirá baseada em “Cloud”, “Big Data / Analytics”, “Social Business” e “Mobility”, tecnologias em alta que formam os “os quatro pilares da transformação digital”.

O Brasil segue sendo de longe o mercado mais importante regionalmente, seguido no ranking por México (US$ 20,6 bi), Argentina (US$ 8,4 bi) e Colômbia (US$ 7 bi). 

No ranking mundial, o país ficou em nono lugar na lista que encabeçam na sequência: Estados Unidos (US$ 751 bi), China (US$ 244 bi), Japão (US$ 139 bi), Reino Unido, Alemanha, França, Canadá e Índia.

fonte

Acompanhe a Tripletech nas redes sociais:
Siga-nos no Facebook Tripletech Siga-nos no Twitter, Tripletech Siga-nos no Linkedin, Tripletech