Temos visto economistas se digladiarem em divergentes propostas para vencer a crise, mas não há consenso sobre o caminho.

Enquanto muitos especialistas acreditam que a crise deve durar até 2019, uma pesquisa mostrou que um em cada sete brasileiros confia que a situação melhore ainda em 2018. Um dos grandes desafios das empresas é estarem prontas para a retomada do crescimento.

Redução de investimentos, cancelamento de projetos de ti, corte de postos de trabalho, planejamento de curto prazo. A realidade de grande parte das empresas brasileiras, com a crise econômica que ganhou força em 2015, pode ser motivo de desânimo para os empresários. Enquanto a população espera que a situação comece a mudar ainda em 2017, segundo pesquisa da plataforma de crowdsourcing PiniOn, muitos especialistas afirmam que o país passará ainda por mais dois anos difíceis.
sua empresa está preparada para o fim da crise
Além de enfrentar a economia desaquecida, os empreendedores precisam pensar no longo prazo, quando a crise der lugar para a retomada do crescimento.

Atualmente é difícil para a maioria dos empresários, principalmente as pequenas e médias empresas, se prepararem para o crescimento que logo virá. Porém é preciso ter consciência de que este momento vai chegar e os grandes beneficiados serão aquelas empresas que estiverem prontas, do ponto de vista de infraestrutura, equipe e tecnologia  para atender a demanda reprimida e alavancar as vendas.

Vinicius Barrado, diretor da Tripletech, que há 8 anos atua com consultoria e soluções na área TI, alerta para a importância de se manter uma equipe motivada e uma infraestrutura pronta para o crescimento. “Não se trata apenas de otimismo, mas de uma realidade, toda a crise em algum momento termina: pode até demorar mais dois anos, mas em breve o Brasil irá retomar o crescimento, os primeiros sinais estão aparecendo. Sua empresa precisa estar preparado!”, avalia.

Algumas atitudes essenciais para que os empreendedores aproveitem o momento da retomada:

Equipe + contatos + imagem

Não abra mão de profissionais que conheçam o seu negócio e se dediquem a ele. Se for para cortar custos, tente reduzir os custos fixos, renove sua infraestrutura com tecnologias que melhorem sua estrutura, reduza a jornada de trabalho em acordo com a equipe e sindicato. Também não abra mão de seus contatos comerciais e da construção contínua da imagem do seu negócio. Lembre-se: no momento da retomada, você vai precisar contar com sua equipe, que já conhece o seu modo de trabalhar e também das pessoas e empresas com quem manteve boas relações.

Metas revistas e compartilhadas

As metas devem estar claras para toda equipe, bem como os resultados. Se elas não foram cumpridas é preciso avaliar o motivo e logo em seguida traçar um novo planejamento. Transparência neste ponto é fundamental, porque as pessoas saberão aonde a empresa quer chegar e poderão visualizar de forma bem clara o que se espera delas.

Tecnologia + Produtividade

Para crescer neste cenário é necessário reduzir custo fixo e automatizar os processos com uso de tecnologia, gerando ganhos imensos às empresas, entre eles: disponibilidade, velocidade, qualidade, segurança, redução dos custos trabalhistas, eficácia operacional e informações gerenciais rápidas e precisas, ou seja, é possível fazer mais com menos, o que em tempos de crise soa como um mantra de salvação frente ao cenário macroeconômico e político caótico.

Tenacidade

Uma das principais características dos empreendedores de sucesso é não desistir no meio da tempestade, é preciso manter-se forte e buscar soluções variadas e criativas para superar as adversidades. Manter-se firme em seus propósitos é fundamental nessa época e fará toda a diferença no momento em que a economia retomar o crescimento.

Sua empresa está preparada para retomada do crescimento? saiba como podemos ajudá-lo

fale conosco, podemos ajudá-lo com o crescimento de sua empresa

Acompanhe a Tripletech nas redes sociais:
Siga-nos no Facebook Tripletech Siga-nos no Twitter, Tripletech Siga-nos no Linkedin, Tripletech