O controle de acesso à internet vem se tornando cada vez mais um tabu dentro das organizações. Afinal, as pessoas aumentaram muito seu nível de conexão nos últimos anos — de acordo com o Ibope, 36% dos usuários de smartphone no Brasil checam suas telas a cada 5 minutos e o numero vem aumentando —, e esse comportamento se reflete no meio corporativo.Quais as vantagens de controla o acesso a internet na empresa

Os departamentos de TI, tidos como os vilões quando se trata de controlar o acesso à internet dentro das empresas, se veem diante da demanda dos usuários e da necessidade de garantir disponibilidade e segurança à rede. Ao mesmo tempo, as lideranças colocam a web como um dos fatores que escoam a produtividade da equipe — em 2011, uma pesquisa da consultoria IDC mostrava que os brasileiros eram campeões em utilizar a internet para fins pessoais no trabalho. Vamos conhecer as vantagens do controle de acesso à internet nas empresas.

Por que controlar o acesso à internet é necessário?

Com a crescente informatização dos processos corporativos, também cresce a cada dia o número de colaboradores que precisam da web para suas atividades. É aí que o controle de acesso à internet, por meio de firewall/web proxy e monitoramentos constantes, se mostra importante: além do fator produtividade, o tráfego da rede precisa ser balanceado para que os sistemas que rodam nela não fiquem lentos para quem está utilizando.

Existem muitas razões para que os departamentos de TI tomem as rédeas e criem uma política de controle de acesso à internet dentro das empresas. Conheça as principais:

Torna os colaboradores mais focados

Ao impedir que os usuários tenham acesso a sites de download de música e entretenimento, por exemplo, a empresa impede que eles se dispersem com atividades que não estejam relacionadas ao trabalho.

Basta ver o quanto os sites de entretenimento e redes sociais são atrativos — com suas chamadas, hiperlinks e possibilidades de interatividade que conduzem o usuário a uma navegação cada vez mais profunda — para imaginar o quanto de tempo se perde nesses acessos. Sem isso, é possível notar que os profissionais se concentram mais e entregam resultados melhores, sem perdas de prazos ou erros por distração.

Melhora a velocidade da rede e o desempenho das máquinas

Sites de música e de jogos, plataformas de vídeos, dentre outros, consomem bastante da banda/velocidade da conexão. Ao restringir o acesso a eles, a banda toda fica disponível para as atividades profissionais, sistemas e outras aplicações web.

Além disso, é comum os usuários, mesmo sem querer, baixarem plugins que, na verdade, são adwares — programas que exibem propagandas indesejadas em formato de pop-up. Eles infestam as máquinas e também colaboram para a lentidão da conexão.

Garante mais segurança da informação

Em novembro de 2014, o mundo todo se surpreendeu com a invasão dos sistemas da gigante do entretenimento americano Sony Pictures. Os hackers roubaram dados e publicaram mensagens nos sites da companhia. Depois de investigar, a equipe de TI, com o departamento de inteligência dos EUA, descobriram que a imprudência dos usuários abriu a porta para softwares mal-intencionados que se instalaram na rede.

Esse é mais um motivo para ter uma boa política de controle de acesso à internet: só é possível bloquear sites e aplicativos maliciosos quando se tem vigilância constante e usuários bem informados, não acessando páginas que possam gerar riscos, além, é claro, de excelentes soluções de antivírus.

Diminui custos com manutenção

Ainda no quesito segurança: controlando o acesso, a empresa também diminui as infecções por vírus que podem danificar as máquinas e outros equipamentos. Assim, os gastos com formatações e outros reparos diminuem consideravelmente.

Dá mais poder de decisão à TI e aos gestores

Com uma boa política de controle de acesso à internet, o departamento de TI consegue monitorar em tempo hábil o comportamento dos usuários e assim — com a direção — tomar decisões que vão desde advertir quem está quebrando as regras até responsabilizar as pessoas por possíveis danos aos dados corporativos.

Depois de elencar essas vantagens, é preciso dizer também que o controle de acesso à internet dentro das empresas gera resultados melhores quando há a conscientização e o engajamento dos usuários. Afinal, são eles que estão operando os computadores. Quando entendem a importância do trabalho da TI, diminuem sua resistência e colaboram mais.

Como está o controle de acesso à internet na sua empresa? podemos ajudá-lo!

Acompanhe a Tripletech nas redes sociais:
Siga-nos no Facebook Tripletech Siga-nos no Twitter, Tripletech Siga-nos no Linkedin, Tripletech