Uma nova pesquisa encomendada pela Impacta Tecnologia à MBI Mayer & Bunge Informática traçou o perfil do profissional de TI. A empresa avaliou questões como tempo de atuação profissional no mercado, tipo de regime de trabalho e domínio de idiomas junto a profissionais em cem empresas de diferentes segmentos instaladas no Brasil.

Segundo a análise, 75,8% dos profissionais de TI atuam no setor há mais de dez anos. Desses, 23,4% receberam promoções na última década. Mas a maioria deles (52,4%) teve de esperar, em média, cinco anos para o “upgrade” na carreira – e no salário.

Os profissionais com entre oito e dez anos no segmento representam 12,8% dos entrevistados e menos de 1% ingressou no setor há somente um ano.

Questionados sobre quanto tempo trabalharam em áreas que não a de TI, 42% afirmaram ter passado no máximo cinco anos em outro setor, enquanto 31% nunca atuaram em outra área.

Apesar do longo período dedicado ao segmento e da estabilidade em seus empregos atuais, 65,8% dos participantes passaram por outros dois a cinco empregos antes de chegar ao atual e 21,5% deles nunca trabalharam para outra empresa além daquelas que os empregam atualmente.

A pesquisa ainda descobriu que cerca de 70% dos entrevistados são contratados no regime de CLT, enquanto o outro terço se divide entre profissionais autônomos, micro-empresas e terceirizados.

Referente ao domínio de línguas estrangeiras, o inglês é líder com 94,6%, seguido do espanhol, por 40,9%. O italiano figura em terceiro lugar, com 5,4% seguido pelo francês, com 4,7%, e pelo alemão, com 2%.

Vida além da empresa, “pero no mucho”

A MBI perguntou aos profissionais a respeito das atividades que realizam em seu tempo livree descobriu que sair com a família é a preferida de 56% dos entrevistados, seguida por viagens (53%) e a prática de esportes (37,6%). A consultoria que conduziu a análise explica que a soma das respostas nesta questão ultrapassa os 100% por terem sido permitidas múltiplas escolhas.

Ainda nesta questão, a pesquisa revelou que 31,5% dos entrevistados utilizam a internet como atividade de lazer nos tempos livres, preferindo essa atividade a sair com os amigos (26,2%), por exemplo.

fonte: Convergência Digital