Há pouco tempo, a Microsoft implementou uma nova atualização em sua clássica tela azul, que foi carinhosamente chamada de “tela azul da morte” (BSOD, em inglês) por techies de todo o mundo. Essa versão recente traz informações no mínimo necessárias: você recebe um QR code que o ajudará a entender o porquê da BSOD.

Tela azul do windows, com nova caracteristica

Essa atualização é sem dúvida positiva. Nada mais frustrante que não ter a mínima ideia do motivo pelo qual seu PC travou. O problema está em como você recebe essa informação. Ela chega a você por meio de um QR code (aqueles códigos de barras que estavam com tudo há 5 anos). Para início de conversa, você pode se perguntar como isso seria um problema de segurança.

Vamos colocar em prática um bom nível de paranoia com segurança por um momento. Imagine que um bandido queira roubar os dados de seu celular, bancários por exemplo. Para isso, precisará de acesso ao seu telefone, não é? Bem, tudo que ele precisaria fazer é enviar um arquivo que gerasse uma BSOD, e direcionar sua navegação para um site com mais informações sobre o erro.

Ao escanear o QR code com seu celular para saber o que aconteceu, você visitará um site malicioso. Ele pedirá para você instalar um aplicativo e voilá – seu dispositivo está infectado.

Isso tudo é teoria -nada disso ocorreu, ainda. Sabemos, porém, que malware cada mais complexos estão por aí, então, por que não fariam isso?

Uma vez atualizado seu Windows, é válido instalar um verificador de QR code em seu celular. Também tenha certeza de ter ao seu lado algo que o protegerá de vírus caso algum consiga se infiltrar.