Empresa está abrindo APIs para integrar suas soluções com a de outros fornecedores de segurança na estratégia de arquitetura de segurança chamada Security Fabric

Fortinet solução de segurança integrada

A Fortinet, fornecedora de soluções de segurança, lançou um conceito de arquitetura de segurança chamada Security Fabric que visa integrar todas as soluções de segurança do cliente para que trabalhem em conjunto, sem deixar brechas. Conforme explica Frederico Tostes, diretor da Fortinet para o Brasil, a intenção é criar um sistema completo para que o cliente guie seus negócios sem se preocupar com a segurança.

“A segurança não deve ser associada a questões como perda de performance, burocracia e processos que atrapalhem o negócio”, diz. Para ele, as soluções devem formar um tecido cooperativo, interligando os diferentes sensores e ferramentas de proteção para coletar, coordenar e responder a qualquer ameaça potencial. “E devem fazer isso em tempo real, sem lentidão na rede e onde quer que ocorra a ameaça”, completa Tostes.

Para isso, a empresa está abrindo seus APIs para que parceiros de negócios já forneçam suítes integradas com as soluções da Fortinet. “Se o cliente já conta com um suíte de outro fabricante, não precisará fazer um novo investimento. Ele pode integrar com nossa solução e garantir que o cliente tenha segurança fim a fim”, explica o executivo. Entre as empresas parceiras estão a VMware, a Tufin e a Arista Networks, entre outros.

Ainda segundo Tostes, a Fortinet já oferecia esse trabalho de integração há algum tempo, mas não com este conceito. “A forma de ver segurança pelas empresas já mudou. Deixamos para trás a ideia da segurança de perímetro para avançar para um ecossistema de segurança”, diz.

De acordo com ele, o mercado brasileiro já vinha respondendo bem a essa ideia e que as empresas mostram amadurecimento na questão do investimento da segurança. “O crescimento de cerca de 37% da Fortinet em 2015 na comparação com o ano anterior é reflexo disso”, afirma Tostes, que diz que a maturidade no setor do país já alcançou a norte-americana.

Acompanhe a Tripletech nas redes sociais:
Siga-nos no Facebook Tripletech Siga-nos no Twitter, Tripletech Siga-nos no Linkedin, Tripletech