A eficiência energética e o adequado monitoramento e gerenciamento estão entre as principais preocupações dos gerentes de data centers. É o que aponta a pesquisa bi-anual do Data Center Users Group (DCUG), divulgada pela Emerson Network Power.

O estudo ouviu 120 gerentes de data centers, empresas de serviços de infraestrutura e TI, que compartilharam informações sobre o estado atual e os planos futuros de seus data centers.

No levantamento, 47% dos entrevistados indicaram a eficiência energética como uma das suas principais preocupações nas instalações e redes, enquanto 46% listaram o monitoramento adequado como uma de suas três principais preocupações. Outras prioridades apontadas são: densidade de calor, disponibilidade e densidade de energia.

A pesquisa também revelou que o atual ambiente econômico forçou 61% dos participantes a cortar orçamentos, enquanto 35% deles foram obrigados a adiar projetos de construção e expansão de data centers.

Quando o orçamento permitir, 52% dos entrevistados indicaram que as futuras instalações seriam projetadas para suportar densidades entre 10 kW e 20 kW por rack, índices significativamente superiores do que a média de 7,4 kW suportada pelas atuais instalações.

Algumas razões citadas para mudar a alta densidade foram: poupar espaço nas instalações, suportar os servidores blade e reduzir os custos energéticos.

Em meio à implantação de novas tecnologias e posterior manutenção da infraestrutura, quase a metade dos entrevistados disse que a complexidade de seus sistemas de climatização, monitoramento e energia está aumentando.

O estudo apontou ainda que 55% dos participantes foram obrigados a avaliar sua infraestrutura de energia e climatização para ajudar com a complexidade no data center. Através dessas avaliações, 74% calcularam a confiabilidade do sistema de climatização, 54%, o consumo de energia, e 51%, os planos de expansão.

fonte: Decision REPORT.